Entenda como garantir a retenção de alunos em sua escola

Uma das maiores preocupações de todo gestor escolar é como garantir a retenção de alunos na sua instituição. Mesmo que a escola tenha um bom time de marketing, seja exemplo na área de vendas e tenha agilidade no atendimento, fidelizar os clientes é tão importante quanto captá-los.

Para isso, a escola deve se preocupar, acima de tudo, com o relacionamento entre gestão e pais. E isso é feito investindo na qualidade do ensino, na transparência dos processos e no bem-estar dos estudantes.

Se você quer saber como fazer para aumentar a retenção de alunos da sua escola, leia este texto e prepare-se para alavancar as suas taxas de rematrícula!

Fatores que influenciam na retenção de alunos

Ainda que a escola se preocupe em desenvolver estratégias para evitar a evasão dos estudantes, é preciso analisar os motivos pelos quais os alunos deixam a escola. Existem certos fatores que impactam na efetividade das medidas e requerem atenção especial dos gestores, por exemplo:

  • instabilidade financeira: muitas famílias passam por imprevistos, o que influencia no pagamento das mensalidades nas datas corretas. As políticas de inadimplência devem levar isso em consideração;
  • dificuldades de deslocamento: morar longe e passar muito tempo se deslocando para estudar impacta no desempenho e na vontade dos alunos de permanecer na instituição;
  • problemas comportamentais: muitos alunos perdem a motivação de continuar na escola quando sofrem bullying ou sentem que o professor “pega no pé”;
  • equilíbrio organizacional: uma gestão desordenada, que não faz uso correto dos seus recursos e que não preza pela qualidade de vida dos colaboradores, dificilmente conseguirá reter alunos com sucesso;
  • relacionamento com os responsáveis: é comum que a gestão se preocupe com os processos pedagógicos e esqueça da importância da comunicação correta com pais e familiares dos estudantes.

Toda estratégia para retenção de alunos deve ser traçada considerando esses fatores. Desse modo, as medidas serão executadas levando em conta as possibilidades e as limitações da escola e dos responsáveis pelos estudantes, aumentando as chances de efetividade.

Como assegurar a permanência de estudantes

Ainda que seja um tópico delicado, garantir a rematrícula dos alunos não é tão complicado. O ideal é seguir um planejamento focado na comunicação e na satisfação dos pais e funcionários, assim como na qualidade de ensino. Confira algumas práticas para fidelizar clientes e se destacar no mercado.

1. Observar os alunos

Os professores e funcionários devem estar atentos aos comportamentos dos estudantes, sobretudo quando há problemas disciplinares. A maneira como a escola lida com alunos desafiadores determina o olhar dos responsáveis sobre a gestão.

Programas de combate ao bullying são essenciais, pois demonstram que a direção fiscaliza a vivência dos alunos no nível individual, não somente no âmbito coletivo. Da mesma maneira, problemas de relacionamento com professores e alunos devem ser alvo de mediação, uma vez que o desempenho dos estudantes é diretamente impactado por desavenças dentro de sala.

2. Investir no desenvolvimento dos estudantes

Para escolas que querem garantir a retenção dos alunos, é essencial que ela ofereça atividades extraclasses e demonstre interesse no desenvolvimento das habilidades dos alunos. Por meio da observação, os professores constatam que os alunos têm interesses além das matérias de português, matemática, história etc. e podem sugerir aulas especiais.

A escola que não está engessada no currículo e prefere investir na inovação se destaca no mercado. Por meio de aulas diferenciadas, como música, desenho, informática avançada, línguas, esportes, ou assuntos que tratem de diversidade ou incluam jogos, os alunos se engajam mais no projeto educacional da escola a longo prazo.

3. Ter uma política justa de inadimplência

A falta de recursos afeta o funcionamento de todas as áreas da instituição. Por isso, é importante que as políticas de tratativa da inadimplência sejam justas, desenvolvidas com a participação de todos – incluindo os professores.

Já na captação e no momento da matrícula, deve ser deixado transparente aos responsáveis como a escola lida com a falta de pagamento. Ainda assim, os processos não devem ser inflexíveis: é necessário oferecer soluções que ajudem o cliente a regularizar a situação, por exemplo, com o parcelamento das dívidas. Isso é ideal para que ele não abandone a escola devido às pendências financeiras.

4. Incluir os responsáveis na gestão da escola

A gestão participativa para instituições de ensino é determinante para garantir a retenção de alunos. Ao trazer os pais para dentro do ambiente escolar, mostrando como são tomadas as decisões e sendo transparente quanto aos resultados, as relações se estreitam e aumenta o clima de confiança entre as partes.

Palestras, feiras e reuniões são momentos importantes para a integração da família com a escola. Abrir os canais de comunicação, receber sugestões e mostrar a implementação das ideias dos pais, são atitudes simples e que demonstram como a escola está interessada no que seus clientes têm a dizer.

5. Descomplicar processos

Uma escola que possui inúmeras burocracias não inspira confiança e pode até atrapalhar a vida dos pais que optaram pela instituição. Dessa maneira, simplifique a resolução de problemas: entre em contato pelo WhatsApp, emita boletos e acompanhe notas via plataforma online, proponha soluções simples e transparentes em vez de cobrar e aguardar posicionamento. Nesses momentos, a tecnologia é uma grande aliada.

O papel da tecnologia na retenção de alunos

O investimento em recursos modernos demonstra que a escola está preocupada em inovar e aumentar a qualidade dos serviços. Existem sistemas completos, pensados para facilitar a vida do gestor, dos professores, dos pais e dos estudantes.

Por meio de um software, inúmeras tarefas executadas de forma manual passam a ser realizadas com agilidade. É possível fazer registro das carteirinhas na portaria, controle de frequência nas aulas, lançamento de notas e trabalhos, além de emitir comunicados para os pais que instalarem o aplicativo.

Quando a escola se moderniza, os responsáveis percebem o diferencial na qualidade. Há mais confiança na instituição e proximidade nas relações, já que os pais entram em contato mais facilmente, recebem notificações quando os filhos entram ou saem da escola, agendam reuniões e acompanham de perto o desempenho dos estudantes.

A tecnologia garante maior retenção de alunos na escola que faz investimentos inteligentes, já que os pais dão preferência às instituições que fornecem mais segurança para os seus filhos. Isso é critério de diferenciação entre concorrentes, uma vez que o gestor que opta pela tecnologia observa o sucesso do seu empreendimento ao captar e reter mais alunos.

Estar à frente de um negócio pode ser desafiador, já que a longevidade de uma empresa depende da captação e da fidelização de clientes, e com uma escola não é diferente.

A excelência na prestação dos serviços e a transparência nos processos é o que destaca uma instituição de ensino entre as demais e garante a retenção de alunos. Para isso, a tecnologia se apresenta como uma grande aliada, já que ela agiliza as tarefas no cotidiano de uma escola, facilita a vida e estreita relações.

Agora que você sabe como melhorar a retenção de alunos e qual a importância de um sistema de gestão escolar, o próximo passo é implantar um software na sua escola.

Portanto, entre em contato com a Seduca agora mesmo e aumente as suas taxas de rematrícula!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *